E fica a dica do França

Publicado em 06/11/2012 por Arthur Estevez

Pessoal,

Neste domingo fui com o Arthur Estevez e a Wenia Vidal no Irmão Maior de Jacarepaguá. Já

havia estado no Irmão Menor a cerca de um mês com um amigo quando fiz a via Emilio Comici

que achei muito bacana. Depois voltei lá a convite do Arthur para explorar os blocos da área,

quando abrimos 11 linhas de top-rope.

 

A ideia era dar uma explorada no acesso e fazermos a via normal do Irmão Maior e depois o

que mais desse. O Arthur imprimiu alguns croquis e partimos na vontade. Sem conhecermos

uma trilha mais direta para a base das vias decidimos pegar a trilha para a Emilio Comici que

já conhecíamos e margear a parede para esquerda até a canaleta de mato que dividi os dois

Irmãos. Tivemos que varar um pouco de capim e arranha gatos porem até que não deu tanto

trabalho assim. O que pegou foi o calor!

 

Fomos margeando a parede até o costão do que podemos dizer ser o 3º irmão, um pequeno

cume ou totem anexo ao Irmão Menor, e subimos por esse costão em direção a canaleta que

divide os dois irmãos mas só entrando nela bem próximo ao colo onde ela fica menos funda.

 

Quando chegamos na base da normal que fica exatamente no colo entre os dois morros fomos

abençoados com a volta da sombra das nuvens de chuva que de manha tinham sumido e dado

lugar a um sol de rachar.

 

Base da Via.

A normal é um verdadeiro passeio, com alguns lances que eu diria serem de 3º grau e não

de 2º como diz o croqui. Com uma corda de 60 metros é possível fazer a via da base ao

cume em um esticão só. Pega um pouco no atrito mas não vale a pena parar no meio. A via

é basicamente um trecho de trepa-pedra seguido de horizontal com caminhada, diedro,

agarrinha e outro diedro final. A via é bem protegida por grampos porem é possível fazer os

dois fáceis diedros com proteção móvel.

A via é uma boa opção para quem está começando a guiar. Talvez o guia estranhe um pouco

porque a via é suja e o diedro final está com muita vegetação mas ainda assim é valido.

Segurança para Wenia

Chegamos no cume e fomos explorar a área. Vimos algumas pichações, com certeza por causa

do acesso muito mais fácil que o do cume do Irmão Menor. Que pena! O cume é formado

por 3 grandes blocos e é possível subir facilmente em todos eles. La de cima, olhando ao sul,

temos um visual muito bonito de toda Barra e Recreio e o mar ao fundo. Com a brisa que tinha

entrado não dava vontade de sair lá de cima. Porem ainda pretendíamos fazer a via Manoel

Armando e decidimos rapelar.

Com duas cordas de 60 metros, do primeiro grampo que se vê logo que se chega ao cume

pela normal, é possível rapelar diretamente para a base da via Manoel Armando que fica a

esquerda e ligeiramente abaixo da base da normal. Esse rapel é reto e para quem estiver com

duas cordas é a melhor opção para rapelar. Com uma corda só a melhor opção é rapelar pela

própria normal.

 

Estava parecendo que ia cair uma tempestade mas decidimos tocar a via mesmo assim.

Comecei guiando a primeira enfiada que não passa de um 4º grau porem com um lance

surpresa no 3º grampo da via que por sinal está um pouco para fora. O lance é um 5º grau

em horizontal meio esquisito e com queda de platô. Os pés estão muito sujos o que deixa o

lance meio tenso. Depois desse lance a via segue toda em horizontal para esquerda cruzando

a parede. Armei a P1 no 7º grampo da via, ponto em que a via é cruzada por outra (a Golpe de

Misericórdia) por causa do atrito que já estava grande. Puxei a Wenia e o Arthur e ele tocou

o resto em um esticão direto até o cume. Nessa segunda enfiada existem ainda dois lances

bacanas de talvez 4 sup. No cume o Arthur não encontrou o que seria o último grampo da via

e fez uma boa parada em uma grande arvore que fica atrás do bloco principal do cume. Foi no

limite da corda de 60 metros.

Chuviscou, mas por fim não caiu a tempestade! Rapelamos e fomos embora felizes por esse

passeio no Irmão Maior de Jacarepaguá. É uma pena que um lugar de tão fácil acesso, com

dois cumes bacanas e com escaladas fáceis e medias seja tão pouco frequentado. Fica a dica

para a galera!

Claudi França - 06/11/2012

 

Compartilhe!
  1. Wilton disse:

    Esse “fica a dica do França” tem cara de coluna!!

    Boa dica!

  2. Arthur Estevez disse:

    Depois dessa……..
    Ta contratado. rs