Nem tudo tá perdido!

Publicado em 03/07/2015 por Arthur Estevez

Salve Galera.
Hoje (03/07/15) estive com o Luiz Donza para desenhar o croqui da sua ultima conquista no Morro do Moganga (Alto).
A via foi iniciada há alguns anos por ele e pelo Pablo Mendonça e terminada em maio desse ano.
A via começa por uma laca e logo entra em uma  linda canaleta que se estende por toda enfiada que é MUITO bem protegida.
Na segunda enfiada a dificuldade cai bastante, mas a exposição aumenta.

AnrwI1CbbjuKq8mxfmO5Fg4k2MwY3hlCARdwvmTPganE
A terceira enfiada tem um pequeno e interessante diedro que deve ser protegido por duas peças pequenas (.3, .4 de preferencia TCU) e logo entra na parede mais vertical da via que me pareceu um 6+. Recomendo usar uma costura de 1,20m antes do diedro e com as peças para evitar o atrito.

AqLRbsLDLSKrkptlN3OjnrJNQL_O1uyYRUFoQZLr6Mts

A quarta e ultima enfiada é uma longa travessia para direita que leva ao grande platô da via Paredão Manoel Alves.

AtZFjHaqtM1gMY_57KNefHFDFNgK5i_IB9tITSX6FCp5
É possível rapelar reto com uma corda de 70 ou corda dupla.

Nem tudo tá Perdido

Via muito bem protegida e com um visual incrível da Serra. Escalada altamente recomendada.

Compartilhe!