Fendas Ricas

Publicado em 13/02/2017 por Arthur Estevez

Fendas do Vila Rica

Salve Galera.

Passando algumas vezes pela BR 040, sempre olhava para duas cavernas no alto de uma montanha sonhando que pudéssemos ter algumas super vias.
O destino é bom e fez a gente esbarra com o Tassio, rapaz novo na escalada, cheio de vontade e morador da Vila Rica, bairro que fica na base da montanha.
Juntando forças com Diogo Chazan, Tassio e alguns amigos da Vila, fomos explorar as cavernas e o setor. Tivemos uma linda surpresa em perceber que as cavernas não poderiam oferecer muito, mas a parede entre elas estava recheada de belas fendas.
Já sabendo que poderíamos abrir linhas incríveis voltamos carregados com toda a tralha de conquista e os moveis. Nesse dia abrimos a primeira via – Lendas Urbanas.
Praticamente abrimos uma via por investida já que o sol pela manha é muito forte e começávamos a trabalhar depois das 14h.
Terceira investida foi com Branco (Diogo) e Botafogo quando abrimos a Soma de Todas as Tretas e depois voltei mais duas vezes com o Luiz Paulo (Vinil) e com o Rodrigo Valle, eles abriram duas linhas em Artificial e uma delas foi livrada depois.
Ainda faltam as cadenas dessas vias e existem umas cinco linhas a serem abertas.

Vila Rica fica aproximadamente 30 minutos do nosso abrigo e como incentivo ao desenvolvimento estamos liberando o pernoite para escaladores que forem conquistar ou fazer manutenção nas vias da região.

Livrando a ChãoChão da Terra

Livrando a ChãoChão da Terra

 

Como Chegar

Na BR 040 sentido Minas x Rio, depois de Secretario entrar na Vila Rica. Atenção já que a entrada fica na curva logo depois de uma passarela.
A Rua Augusto Francisco da Silva se torna Rua C onde paramos o carro em frente a uma escola. Caminhar toda a Rua C até o Bar do Raul e seguir por essa viela até encontrar a trilha que da o acesso as vias.
Uma vez na trilha subir a escadaria de cimento que leva até a cisterna da Águas do Imperador e pegar uma trilha para direita, a partir daí sempre seguir a margem esquerda do rio. Cruzando dor cima de um costão molhado, devemos caminhar ate parede onde podemos ver a primeira gruta, as vias ficam entre as duas grandes grutas.

Coordenadas do Setor: -22.351605,-43.139013

Traçado aproximado do acesso.

Vias (Até 13/02/17) :
ChãoChão da Terra 8º??? (Projeto) – Via que recebera continuação. Sua primeira parte segue por uma fenda dura que inicia com dedo e termina em punho, levemente negativa.
Recomenda-se levar um jogo do Camalot .3 ao 4 repetindo duas vezes do 1 ao 4.
Rodrigo Valle – Luiz Paulo Leão – Arthur Estevez

 

Rodrigo conquistando a ChãoChão da Terra.

Rodrigo conquistando a ChãoChão da Terra.

A Soma de Todas as Tretas 8abc?? – Via pode ser dividida em duas partes, a Tretinha que segue por uma linda fenda de mão que fica na casa do 6+/7a e termina em uma chapa de Rapel. Continua por umas fissuras rasas de dedo com movimentos bem técnicos e delicados aumentando bem o grau da via.
Para primeira parte recomendo levar três Camalot 1, quatro Cam 2, três Cam 3. Na segunda parte vão pecas pequenas podendo usar os C3 e os X4, é recomendado repetir.
Fica a dica de puxar as peças menores na metade da via.
Arthur Estevez – Diogo Chazan – Diego Botafogo.

Liberando os lances finais da Soma

Liberando os lances finais da Soma

Lendas Urbanas 7c/8º?? -  A via inicia em dois lances de A0 em parafusos seguindo de um lance de boulder até segurar a borda da laca. Essa laca inicia em uma pequena fissura onde vamos usar os C3 e vai aumentando gradualmente ao ponto de pode usar o Camalot 4.
Levar um jogo de C3, um jogo de C4 e peças medias repetidas.
Arthur Estevez – Diogo Chazan.

WhatsApp Image 2017-02-13 at 20.21.41

Conquista da Lendas Urbanas

Arco Lunar – Via ainda não livrada atualmente um A2.
Recomenda-se levar um jogo completo de C4 inclusive o 6 e repetir duas vezes até o 5 e um jogo de Nuts.
Rapel não é possível com corda de 60m.
Luiz Paulo Leão – Rodrigo Valle.

2

Vinil e Rodrigo na conquista da Arco Lunar

Croqui do Setor 1 (13/02/17)

Croqui do Setor 1 (13/02/17)

 

Agradecimento especial ao Tassio Peixoto que nos levou até a base das vias.

*Algumas proteções fixas são chapeletas de aço carbono e outras de Inox 304L.
*Estamos apenas indicando a quantidade e tipos de proteções moveis.
* Seja criterioso e assuma os riscos envolvidos quando entrar em uma via de escalada!

Arthur Estevez

Compartilhe!